Ciclone trará vento forte na sexta-feira, em Santa Catarina


Defesa Civil alerta para os próximos dias, além da persistência da chuva, vento forte e mar agitado devido a um ciclone extratropical.


Chuva persistente em todo o estado de Santa Catarina. Há risco de alagamentos, enxurradas, vendaval e deslizamentos de terra.
Sistema de baixa pressão deslocando-se do Oeste para o Litoral de SC.

ALERTA: em 48 horas (quarta e quinta-feira), o acumulado de chuva pode chegar a 150 mm no sul de SC e esse total pode ser superado em localidades isoladas. 
Considerar que em algumas regiões do Estado ocorreu uma elevação no nível dos rios nos últimos dias e o solo encontra-se encharcado, devido à chuva persistente desde o dia 26/05.

RAJADAS FORTES DE VENTO E MAR MUITO AGITADO
Inicio: 01/06/2017 às 00:00h

Fim: 02/06/2017 às 12:00h

Previsão: Rajadas de vento de 80 a 100 km/h na costa de SC. As rajadas mais intensas ocorrem na altura do Litoral Sul. Mar muito agitado com picos de onda de 3,0 a 4,0 m, totalmente desfavorável para pequenas e médias embarcações.
Sistema: Ciclone na costa de Santa Catarina.

MAR MUITO AGITADO E ALAGAMENTOS COSTEIROS


Nos dias 31/05 a 02/06 a maré alta deve provocar alagamentos nas regiões mais baixas do litoral catarinense. 

Os alagamentos serão provocados pelos seguintes fatores: agitação marítima (ondas de 2.0 a 2.5 m), influência da maré, ventos do quadrante sul, nos dias 01 e 02/06, e chuvas fortes e contínuas ocorridas no estado. Recomenda-se atenção nos locais próximos a desembocaduras de rios, Rod. Diomício Freitas, Centro de Eventos – CentroSul, praias do Sul da Ilha de Santa Catarina, Avenida Atlântica de Balneário Camboriú, Barra Velha, Araranguá, Laguna, Itajaí, Joinville, Tijucas dentre outros.

Confirmando-se as previsões meteorológicas e maregráficas, poderemos ter problemas de alagamentos nas vias públicas nos municípios onde sofrem influência da maré.

Recomendações da Defesa Civil SC:


Alagamentos/Inundações: evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados. Evitar transitar em pontilhões e pontes submersas e cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões.

Tempestades com descargas elétricas (raios) e ventos fortes: Proteja-se em local abrigado, longe de placas, de árvores, de postes de energia e de objetos que podem ser arremessados. Se não encontrar um abrigo, agache-se com os pés juntos, com a cabeça encostada em seu peito ou entre os joelhos e as mãos cobrindo suas orelhas ou apoiadas em seus joelhos. Se estiver na praia, jamais fique na água. Não olhe para o raio. Se estiver em casa ou qualquer outro local abrigado, desligue os aparelhos eletrônicos, não use o telefone, fique longe das janelas e lembre-se, o banheiro em alvenaria é o melhor local durante uma tempestade!

Deslizamentos de terra:
deve ser observado qualquer movimento de terra ou rochas próximas a residências, inclinação de postes e árvores e rachaduras em muros ou paredes. Neste caso, é recomendável que a família saia de casa e acione a Defesa Civil municipal pelo 199 ou o Corpo de Bombeiros 193.

Fonte: Defesa Civil de Santa Catarina
Tecnologia do Blogger.