Projeto 'Não Violência, Não Bullying' iniciou nas escolas de Canoinhas



O projeto piloto “Não Violência, Não Bullying” iniciou esta semana com palestras nas escolas. Alunos de Psicologia conversaram com estudantes das escolas Gertrudes Muller e Irmã Maria Felícitas.

Projeto contra bullyng e violência nas escolas em Canoinhas

“A proposta é identificar com esta conversa inicial alunos que sejam vítima ou autores de violência e bullying ou que estejam passando por situações adversas”, explica a coordenadora de projetos de extensão da Secretaria de Educação Cleide Kanzler.

“Não Violência, Não Bullying”, traz diversas atividades que já funcionavam no município e outras novas, mas de maneira articulada. 


Esta força tarefa é encabeçada pela Secretaria de Educação com apoio dos Conselhos de Segurança, Polícia Militar, Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), Universidade do Contestado (UNC), Unidades de Saúde, Conselhos Comunitários, Associações de Moradores e os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).

Se a equipe identificar problemas com a família, ela será encaminhada ao Programa Amor Exigente que vai funcionar todas as terças, às 19h, na escola Gertrudes Muller.

O Amor-Exigente é um programa de auto e mútua ajuda que desenvolve preceitos para a organização da família, que são praticados por meio dos 12 Princípios Básicos e Éticos, da espiritualidade e dos grupos de auto e mútua-ajuda que através de seus voluntários, sensibilizam as pessoas, levando-as a perceberem a necessidade de mudar o rumo de suas vidas e do mundo, a partir de si mesmas.

Na próxima semana, alunos da escola Ney Pacheco de Miranda Lima recebem palestra.

Prefeitura Municipal de Canoinhas
Imagem: Divulgação