Raimundo Colombo diz que 'não negocia com bandidos."

Delegacia de Canasvieiras atingida por disparos
Na madrugada desta quinta-feira (9), vários disparos com arma calibre 9mm, foram efetuados contra duas delegacias em Florianópolis. 
Na hora do atentado, três policiais estavam dentro da delegacia de Canasvieiras,  mas tudo foi tão rápido que não deu tempo de reagir, segundo eles.
Em uma delas, deixaram uma faixa com inscrições que pediam a transferência de detentos do sistema penitenciário do Estado para um presídio federal.

Faixa deixada na delegacia
 

O governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, afirmou que o Estado não irá negociar com os bandidos, e disse que cabe ao Estado manter a lei e a ordem e que é isso que será feito.
— O Estado tem que cumprir seu dever, de oferecer segurança à população e, na nossa missão, não há uma negociação. Há um dever de manter a lei e a ordem, e é esse o caminho que a gente sempre buscou e executou, e ele tem que ser cumprido — disse o governador.
De acordo com o  delegado Otávio Cesar Lima, responsável pela DP, não houve confronto no local. 
Nas buscas, a PM conseguiu prender dois suspeitos na região do Papaquara. Eles estavam com dinheiro, armas e celulares. 
Levados à delegacia, os dois negaram participação no ataque e foram liberados.

Imagens: Divulgação