Cuidado com comentários nas Redes Sociais. Você pode ser autuado.


Ao contrário do que pensa muita gente, a internet não é mundo livre de regras jurídicas, onde as pessoas possam fazer o que desejem, sem enfrentar as consequências de seus atos.
Prova disto está um fato associado à ocorrência em Pomerode/SC, no qual um policial militar disparou uma ama de eletrochoque contra um homem que estava com uma criança no colo.

Em Canoinhas, na última quarta-feira (25) ), um indivíduo postou comentários, num site de relacionamento pessoal, em afronta a funcionários públicos (neste caso em particular, militares estaduais), sendo que o mesmo fez um contraponto ao que fora postado, em forma de desprezo, a recente ocorrência atendida pela Polícia Militar no município de Pomerode/SC.

Todo este conjunto probatório, caracterizado como meio de provas admitidas em direito, foi capturado, sendo juntado a Boletim de Ocorrência e lavrado pelo Setor Técnico da Polícia Militar de Canoinhas, com indícios de cometimento do Art.331 do Código Penal Brasileiro, (Dasacato a funcionário público no exercício da função ou em razão dela),em desfavor deste indivíduo.

A ofensa do desacato é qualquer palavra ou ato que redunde em vexame, humilhação, desprestígio ou irreverência ao funcionário. É a grosseira falta de acatamento, podendo consistir em palavras injuriosas, difamatórias ou caluniosas, vias de fato, agressão física, ameaças, gestos obscenos, gritos agudos etc.
Por conta do ocorrido em Pomerode, a Polícia Militar de Santa Catarina emitiu nota, a qual pode ser lida aqui. 

Fonte: Polícia Militar/Canoinhas