Canoinhas e Araranguá receberão R$ 2 milhões para custeio anual das UPAS.


A liberação de R$ 156,7 milhões para Santa Catarina, foi confirmada pelo Ministro da Saúde, Ricardo Barros, na sexta-feira (27).

O governador Raimundo Colombo recebeu o Ministro e o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, em Florianópolis.

Ao todo, serão contemplados 55 serviços em 35 municípios. Do valor liberado para Santa Catarina, R$ 30,5 milhões beneficiam serviços como leitos de Unidades de Terapia intensiva (UTI), voltados para o atendimento de urgência e emergência, custeio de atendimentos hospitalares e ambulatoriais voltados à assistência especializada, incluindo de média e alta complexidade.
Os outros R$ 126,2 milhões são referentes a emendas parlamentares. 

Também foram liberados R$ 2 milhões destinados ao custeio anual de duas UPAs nos municípios de Araranguá e Canoinhas.

Após a reunião em Florianópolis, o ministro se deslocou para o município Jaraguá do Sul para visitar as instalações do Hospital São José, em Jaraguá do Sul.
A unidade é referência para os municípios das regiões Norte e Nordeste do estado no atendimento de urgência e emergência, especialidades como traumatologia, ortopedia, neurocirurgia e oncologia.
Em média, o hospital faz 6 mil atendimentos por mês no pronto socorro e 900 internações.

Ainda em Jaraguá do Sul, o ministro visitou o Hospital e Maternidade Jaraguá.
O Hospital recebe do Ministério da Saúde, cerca de R$ 2,1 milhões por ano para custeio dos serviços.

Em 2016, o Hospital e Maternidade Jaraguá registrou cerca de 5,3 mil internações e 122.987 procedimentos ambulatoriais, como exames e consultas. 

Governo de Santa Catarina